Sílvio Bembem resgata crença na política em Ato da candidatura a Deputado Estadual

É possível fazer política séria e contra as desigualdades. Esse foi o sentimento que Sílvio Bembem, candidato a deputado estadual do Partido Socialista Brasileiro, resgatou em lideranças comunitárias, culturais, religiosas, políticas, intelectuais e trabalhadores que deram o apoio a sua candidatura na noite de quinta, 30/08.

Sílvio Bembem agradeceu o apoio de todos e reafirmou que sua candidatura é resultado de uma trajetória de 34 anos de luta nos movimentos sociais. “Eu travei uma luta histórica no Maranhão e continuo com a mesma garra para ser uma referência para as classes populares na Assembleia Legislativa”, afirmou Sílvio, que foi secretário adjunto do governador Jackson Lago e líder nos movimentos estudantil, comunitário, sindical e político-partidário.

 

 

“Saúde e educação são fundamentais”, afirmou o doutor em Ciências Sociais, que apoia Bira do Pindaré a deputado federal e a reeleição de Flávio Dino a governador, pela Coligação Todos Pelo Maranhão.

Sílvio resgatou a sua origem humilde, durante o ato político realizado no Hotel Abeville, na capital maranhense. “Sou filho de um pedreiro e de uma costureira, nordestino, negro e nunca imaginava que conquistaria o doutorado na PUC São Paulo”, relembrou.

 

 

“Não vou me enclausurar com essa conquista proporcionada pelas políticas sociais de Lula da Silva; sinto a necessidade de retribuir e lutar por essa população humilde do Maranhão que representa a minha origem”, prosseguiu.

“Vamos avançar unidos por um Brasil e um Maranhão melhor; vamos derrotar Temer e reeleger Flávio Dino”, continuou. “Flávio Dino é a melhor opção para o Maranhão e permitir que a oligarquia volte ao poder é uma afronta à democracia”, disse Sílvio sob efusivos aplausos.

 

 

Apoio de Bira do Pindaré

Leide Sousa, representando o deputado Bira do Pindáré, comparou as trajetórias de Sílvio Bembem e de Bira. “Acredito em sua história de vida, Sílvio, que como Bira sempre estudou em escola pública, cedo foi aprovado em concurso público e sempre esteve na luta por dias melhores para a população”, afirmou Leide.

 

 

“É preciso ter coragem pra pedir votos nesse momento difícil em que o país vive, com descrença na política e nas instituições”, prosseguiu. “Há tempos conheço Sílvio, acredito na política e na eleição de Bira pra Câmara Federal, que vai abrir uma cadeira pro Sílvio na Assembleia Legislativa”, concluiu Leide.

 

 

Lideranças com Sílvio Bembem

O rapper Preto Nando, que há mais de 20 anos trabalha na periferia da capital com projetos sociais para jovens desassistidos, também levou o apoio à candidatura de Sílvio Bembem. “Através da cultura se pode modificar a realidade das comunidades”, afirmou o artista do movimento Hip hop que analisa o mandato popular de Sílvio como forma de institucionalizar políticas públicas culturais na periferia das cidades do Maranhão.

 

 

Para o historiador e professor da UFMA Hugo Freitas, doutorando em Sociologia pela USP, Sílvio Bembem reúne as condições para exercer uma representação popular na Assembleia Legislativa. “A política é a única forma de se buscar a transformação da realidade e essa será a grande luta de Sílvio”, ponderou.

 

O ato contou, ainda, com a presença de lideranças políticas como Sourack (PSB); comunitárias como JJ – José João Amorim da Silva (do movimento de Luta pela Moradia e Preservação do Vinhais Velho) e de Marcone Pinheiro (da comunidade Jordoa/Sacavém e Igreja Batista); e de lideranças acadêmicas como o professor do IFMA Adroaldo Almeida, representando Saulo Pinto (PSOL), o médico Ruberval Guimarães do Hospital Universitário e o professor Jader Cavalcante (UFMA).

 

 

Quem quem ?

O ato contou com a presença do artista popular e percussionista Erivaldo Gomes, autor do jingle de campanha “Quem quem ? Sílvio Bembem!”.

 

“Acho muito importante estar nessa viagem com Sílvio”, afirmou o artista que já participou de festivais de música da Rede Globo, integrou a equipe de músicos do Programa Som Brasil e estudou Percussão na Faculdade Paulista de Artes. “Vai dar certo, vai ser uma das poucas mudanças na Assembléia”, avaliou Erivaldo, que já teve honrosas participações com grandes nomes da música brasileira, como Xangai, Terezinha de Jesus, Décio Marques, Antônio Carlos Nóbrega, Elomar, Heraldo do Monte, Oswaldinho do Acordeon, Cesar Teixeira, Mochel, Tácito Borralho e Alcione.

Sílvio Bembem nasceu no bairro da Liberdade, em São Luís, e iniciou a sua liderança política no bairro da Areinha. Filho de pedreiro e de costureira, tem 10 irmãos, é casado há 27 anos e tem três filhos estudantes da graduação

Sílvio Bembem é administrador, cientista Político, especialista em Sociologia, doutor e mestre em Ciências Sociais (PUC-SP), servidor público federal do Hospital Universitário. Foi Secretário-Adjunto de Estado da Igualdade Racial no governo Jackson Lago (2007-2009) e foi assessor da reitoria da UFMA (2013-2015)

Atua na militância política na sociedade civil há mais de 35 anos, tendo participado dos movimentos Estudantil, Comunitário, Sindical Previdenciário, de Moradia, lutas antirracistas e depois do movimento partidário.

Sempre na defesa da democracia e contra todas as formas de desigualdades, foi filiado do Partido dos Trabalhadores (PT) por 27 anos, foi fundador do partido REDE e candidato a vereador em São Luís (1992) e a deputado estadual (2006).

– Hoje é filiado no PSB-MA e vota em Lula/Hadad para presidente, Flávio Dino Governador e Bira do Pindaré para deputado federal.

 

 

Ele disputa um espaço na Assembleia Legislativa para ser referência para as classes populares na luta contra as desigualdades com ética, integridade e transparência.

Vai criar um núcleo permanente de diálogo entre a sociedade e a Assembleia Legislativa e lutar contra as desigualdades, por educação, saúde, moradia digna, emprego, renda e por um projeto de comunicação popular

SAIBA MAIS SOBRE SILVIO BEMBEM NO SITE: http://deputadoestadual.silviobembem.com.br/

 

#silviobembemdeputadoestadual
#silviobembem40100
#birafederal4000
#FlavioDino65